10 coisas que aprendi em 2010

20 12 2010

Dez

 

1 – Algumas AMIZADES podem durar anos, mas não são eternas.

2 – Aonde quer que vá, sempre haverá um filho da puta, PROTEJA-SE deles.

3 – Há VIDA (e muito mais interessante, inclusive!) após os trinta.

4 – Estar solteira é uma DÁDIVA DIVINA.

5 – Bom HUMOR contagia.

6 – SABER o que se quer é o mais importante.

7 – Um SORRISO sincero opera milagres.

8 – Desprezo é o melhor a OFERECER aos que, de alguma forma, te magoaram.

9 – Um escritor deve ser LIVRE de preconceitos e suas leituras devem ser ECLÉTICAS.

10 – RESPEITE. O burro, o insensato, o invejoso. Cada qual com o seu CAMINHO.





Abecedário de Promessas

22 12 2009

2009 se preparando para dizer “FUI!”. Nestes derradeiros dias do ano muitas pessoas refletem sobre o ciclo que se completa e fazem o balanço do famoso “Foi Bom”, “Foi Ruim”.

Eu também não escapo destas reflexões e posso dizer que, de um modo geral, 2009 foi um ano excelente, onde conquistei muitas coisas, a maioria de forma inesperada, o que foi ainda melhor.

E prá 2010, seguindo a linha da minha religião (A vida é uma festa!) planejei algumas ações, são elas:

Amar! Não apenas pessoas, amigos, mas também projetos, livros, lugares, guloseimas…

Beber! Porque eu também sou filha de Deus!

Celebrar! Vitórias, aprendizados, conquistas, a sexta-feira…

Dançar! Muito, bastante, demais.

Escrever! Muito, bastante, demais.

Fotografar! Todos os momentos que merecem ser eternizados.

Gastar! Conscientemente.

Humanizar! O mundo precisa disso.

Inventar! Novas formas de se divertir e ser feliz.

Jejuar! Salada de jiló ou quiabo no almoço? Vamos jejuar!

Kibon! Sorvete, sorvete, sorvete!

Ler! Muito mesmo, nunca é demais.

Música! Adoro!

Nadar! Aprendi, mas tenho que aperfeiçoar.

Ouvir! O que vale a pena ser ouvido.

Priorizar! A família, as verdadeiras amizades, os projetos pessoais.

Questionar! Jamais me conformar com o óbvio, buscar respostas concretas.

Rir! De tudo e de todos, contudo consciente da hora de ser séria.

Sacudir! A poeira e seguir em frente.

Tolerar! Algumas criaturinhas, modelos de como NÃO levar a vida.

Universo! Continue sempre conspirando a meu favor!

Viajar! Prá perto, prá longe, em pensamento…

Www! Ficará rapidinha lá em casa, prometo!

Xeque-mate! Em tudo o que não servir mais, considere aqui projetos, fatos e crenças.

Yoga! Tudo de bom!

Zuar! Os que são muito críticos ou negativistas, xô! Sai prá lá!

E vambora prá 2010! 😉





Vozes do limbo

21 07 2009

Hã!?

Sim e não. Sim, pois admito que o blog acumula uma fina camada de poeira, deixando a impressão de completo abandono e a desistência de sua dona de atualizá-lo.

Mas não se enganem! É apenas uma mera impressão.

E não, não fui para o Nepal (muito embora em alguns momentos tenha a incontrolável vontade de passar um tempo indeterminado por lá), não estou contribuindo para aumentar as estatísticas dos afetados pela Gripe A e o silêncio é momentâneo devido a uma série de fatores, tanto particulares quanto profissionais (quem mandou trabalhar com TI? Agora agüenta!).

Contudo, para desespero da oposição e alegria dos amigos e leitores deste espaço, em breve novos textos estarão por aqui, além de uma reformulação no blog como um todo.

Esta é a arte interessante de manter este espaço: o direito de reestruturação do seu conteúdo, a qualquer tempo.

E sinceramente, espero em breve estar de volta! 😉





Diálogos de fim de semana

5 04 2009

 

(1)

– E aí Lu, quais as novidades?

– Estou às voltas com um novo romance…

– Ah é? Vai casar?

– …

 

Livros

***

(2)

– Não sei o que tanto você vê no Jim Morrison!

– Você já ouviu a voz dele cantando: “Come on baby, light my fire”?

– Mulheres…

 

Jim Morrison

***

NOTAS:

(1) A amiga em questão não é escritora, isso justifica muitas coisas (até o fato dela ser normal e eu não!).

(2) Esse amigo não curte Rock’ Roll. Talvez um dia as portas da percepção se abram aos seus olhos e então ele me dê razão (Não! Não estou me referindo às intenções libidinosas em relação ao Jim).





Pequenos Sinais

29 09 2008

A vida é feita de pequenos sinais.

(Ernest Hemingway)

Um amigo já havia me falado a respeito e eu me interessei, mas chegando em casa após alguns bons goles de vinho quem disse que eu me lembrava do nome do autor?

Passou.

Indo para o trabalho e tentando conter o tédio da segunda-feira, reparei em um anuncio de livros que logo me chamou a atenção. E não é que era o tal livro que meu amigo havia me indicado tempos atrás?

Memorizei o hotsite da coleção para dar uma olhada e percebi que não é apenas um livro e sim oito!

E apesar do título que lembra mitologia grega, a saga gira em torno da vida de Jesus de Nazaré, enfatizando seu lado humano sem deixar de lado sua existência espiritual.

Nunca li nada do J.J Benítez, mas estou prevendo que em breve lerei ao menos o primeiro livro da saga, por dois motivos: o primeiro é que embora eu não seja católica, a história de Jesus e os mistérios acerca de sua divindade sempre atiçaram a minha curiosidade e o segundo é porque gosto de ler mesmo e sempre invento desculpas prá isso.

Ficou curioso(a)?

Segue o link do hotsite: http://euleiocavalodetroia.com.br





Quem és tu, ó criatura!

24 08 2008

Nunca tive dúvidas sobre quem sou, a Luciana Muniz, mulher, Analista de sistemas, apaixonada por literatura e que se orgulha de colecionar amizades dos tempos mais remotos de sua existência. Mas não sei dizer ao certo quem é a Luciana Muniz escritora.

Quando senti a necessidade de criar um novo blog, com mais recursos e conteúdo diversificado, me dei conta de que algo havia mudado no meu comportamento com a escrita. Já não havia mais espaço para as crônicas carregadas de sentimento, marca registrada do meu antigo blog, eu senti a necessidade de buscar assuntos diferentes para escrever e também lapidar a forma de escrevê-los.

Percebi nos momentos em que planejava este blog, que dentro de mim não há mais espaço para a escrita por prazer, por hobby. Esta fase já passou.

Mas daí surgem as divagações filosóficas e perturbadoramente essenciais para os que planejam seguir um novo caminho: sobre o que escrever?

Não, não é uma pergunta idiota. O que quero dizer é: em que gênero da literatura meus textos se encaixam? Nos projetos em que participei, já dá para se ter uma noção da diversidade: na antologia Soltando o Verbo contribuí com duas crônicas, a antologia Vampirus Brasil reuniu contos sobre vampiros, sob o gênero de terror. E o projeto AlgóriA, em que estou trabalhando, se encaixa no gênero fantasia.

Deu para entender a minha preocupação?

Por isso a idéia de criar este espaço, onde eu possa fazer experimentações tanto com contos quanto com crônicas, com temas variados. O próprio banner já traduz a minha intenção com a descrição “Contos, Crônicas e outras experimentações”. Não é uma frase engraçadinha para cativar leitores, tampouco estilo literário, apenas um aviso aos navegantes sobre o que encontrarão nestas páginas.

Por isso não se assuste de em um mês ler um conto com temática sobrenatural e no mês seguinte algo totalmente urbano, isso fatalmente acontecerá.

A proposta deste blog é que haja uma descoberta a cada novo texto. E o mais interessante é que esta “descoberta” será uma via de duas mãos, pois ocorrerá gradualmente para a autora e para os amigos e leitores. Talvez eu descubra que o ideal é justamente ser eclética nos assuntos abordados, não sei. De qualquer modo continuarei buscando a minha identidade como escritora, sempre me perguntando: quem és tu, ó criatura!





De casa nova!

10 08 2008

Após meses ensaiando a inauguração da “casa nova” aqui estou. Não. Não vou discursar com dedo em riste prometendo (e ainda mais em época de eleição!) que serei disciplinada e que postarei religiosamente neste espaço todos os dias. Mas para ser razoável, assumi o compromisso de, pelo menos, manter o ritmo de quando contribuía para o Soltando o Verbo e para o site Novas Visões, ou seja, uma crônica a cada quinze dias e um conto mensal, que tal?

Como dito no funeral do Shadow of the Moon, a idéia é continuar com as experimentações mirabolantes com as letrinhas, testando os limites da minha imaginação e entretendo os visitantes.

Sejam todos bem vindos! 😀